As secretarias de Planejamento Urbano e Ordem Pública de Barra Mansa realizaram ações de notificação que levaram a demolição de uma casa abandonada na Rua Ildefonso Cunha, no Centro. Segundo moradores vizinhos ao imóvel, o local era utilizado para fins ilícitos, como prostituição, uso e venda de drogas e assaltos.


A demolição da casa era um pedido dos moradores das adjacências desde a década de 80. O local era conhecido por ser uma área abandonada, resultado de um litígio entre a Caixa Econômica e o proprietário do terreno. “Essa casa serviu por muitos e muitos anos como refúgio para várias práticas ilícitas. O prefeito Rodrigo Drable nos solicitou que buscássemos uma ação em conjunto com a Caixa Econômica e finalmente, depois de décadas, a demolição está acontecendo e o problema resolvido. É uma ação que vai melhorar a segurança da área”, ressaltou o secretário de Ordem Pública, Luiz Furlani.


O responsável pela Fiscalização de Obras, Igor Machado, ressaltou o trabalho da pasta em relação a denúncias deste porte. “Recebemos várias denúncias e reclamações do local. Era uma área perigosa há décadas, que apresentava riscos à segurança pública. O supervisor da Fiscalização de Obras solicitou ao coordenador da Defesa Civil que fizesse a interdição do imóvel e juntos notificaram a Caixa sobre a interdição”, finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui