O município de Volta Redonda permanece em estado de atenção por conta das chuvas que atingem a cidade desde o último sábado (dia 29). Nas últimas 72 horas, o acumulado de chuva foi de 82mm. O maior volume foi registrado nas primeiras 24h, quando choveu 62mm – seis vezes mais que o esperado.

Em fevereiro deste ano, o acumulado de chuva aumentou em 68% em relação ao mesmo período do ano passado. “Neste mês de fevereiro, tivemos o maior acúmulo de chuva dos últimos três anos: 398mm. Em fevereiro de 2019, choveu 236mm. Estamos trabalhando para minimizar os riscos e possíveis transtornos”, explicou o coordenador da Defesa Civil, Leandro Rezende. Em fevereiro de 2017, o volume foi de 126mm.

O nível do Rio Paraíba do Sul está em 2,46m acima do nível normal nesta segunda-feira, dia 2, após chegar a 3,50m na madrugada de sábado para domingo. Por conta do transbordo, regiões baixas da Avenida Beira-Rio – sob as pontes Pequetito de Amorim, no Aterrado e Niterói, e ponte Dr. Murilo Cesar dos Santos, em Niterói – permanecem interditadas.

Até o momento, a Defesa Civil registrou 20 ocorrências desde o início das chuvas, contabilizando três interdições totais e uma parcial. Foram registradas três ocorrências de deslizamento. De forma preventiva, três residências estão interditadas no bairro Vila Brasília e as famílias estão alojadas na casa de familiares. Todas as áreas de risco são monitoradas. As equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura (SMI) continuam os trabalhos nas ruas, avaliando e fazendo a limpeza dos locais afetados.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão é de pancadas de chuva ao longo desta segunda-feira e tempo encoberto com chuvisco na terça-feira (dia 3). A Defesa Civil informa ainda que a represa do Funil aumentou a vazão às 10h desta segunda-feira, e a previsão é que chegue a Volta Redonda por volta de meia-noite. Com isso, o nível do rio vai se elevar e a Defesa Civil intensificou o monitoramento.

Em caso de deslizamento ou alagamento, a orientação é para que os moradores se desloquem a um local seguro, levando roupas, remédios de uso contínuo, alguns alimentos e documentos. Moradores de áreas de risco devem ficar atentos à orientação da Defesa Civil, que são enviadas via SMS. Em situação de emergência, ligue 199.

Para receber os alertas da Defesa Civil por SMS, os moradores de Volta Redonda devem se cadastrar, enviando um SMS para o número 40199, apenas com o número do CEP de onde mora, podendo digitar com ou sem hífen, com ou sem ponto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui