Folha do Aço apurou que o funcionário da sede da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) na Avenida Faria Lima, em São Paulo, não faz parte do grupo de colaboradores transferidos há pelo menos dois anos de Volta Redonda para a capital paulista. Atualmente, a maior parte dos trabalhadores com vínculo familiares com a Cidade do Aço atuam no escritório do bairro Santo Amaro, que fica a cerca de 9 km da Faria Lima, um dos principais centros empresariais de São Paulo.

Nesta terça-feira (dia 10), a empresa enviou um comunicado interno informando que um funcionário está entre os infectados pelo novo coronavírus. A informação publicada em primeira mão pela jornalista Bela Megalle, colunista do jornal O Globo, foi confirmada pela reportagem da Folha do Aço.

Segundo a empresa, os sintomas são de um “resfriado leve” e a pessoa infectada já está em quarentena. À imprensa, a CSN não se pronunciou oficialmente sobre o caso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui