Em áudio compartilhado pelo aplicativo Whatsapp, neste sábado (dia 21),o prefeito Samuca Silva (PSC) informou que Volta Redonda tem 101 casos suspeitos de coronavírus, sendo 25 descartados. Não há registro de nenhum caso confirmado. “A questão é séria, é mundial, e a próxima semana será crucial na curva de transmissão de coronavírus no Brasil. Números mostram que nossa curva está bem parecida, no momento, com a da Itália. Nós temos que, juntos, na união, preservar a nossa população”, explicou o prefeito Samuca.

No áudio, Samuca destacou as medidas realizadas na cidade. “Suspendemos as aulas e fizemos o fechamento de várias unidades públicas, pedi a limpeza de todos os ônibus, suspendemos as entrada na cidade de ônibus interestadual, de ônibus oriundos da região metropolitana, carros irregulares. Acompanhei uma abordagem hoje da nossa equipe de carros com placas de fora, fazendo teste de temperatura e entrevista para encaminhar ou não para as unidades de saúde”, disse Samuca.

O prefeito também reafirmou que a população deve ter cuidado com as notícias falsas. “Neste momento, precisamos de união. Procure informações oficiais. Não há qualquer morte do Hospital São João Batista ou qualquer unidade de Volta Redonda. A primeira pessoa que vai informar a população de Volta Redonda sou eu”, garantiu Samuca.

Casos

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até 12h08 deste sábado (dia 21), 1.000 casos confirmados de novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil em 25 estados e no Distrito Federal.São 12 mortes no Brasil, três no Rio de Janeiro e chegou a nove em São Paulo.

O Ministério da Saúde atualizou os números na tarde de sexta-feira (dia 20), informando que o Brasil tem um total de 904 casos confirmados de coronavíruse 11 mortes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui