A partir desta quinta-feira (dia 26), 1.437 funcionários da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) iniciam o período de 15 dias de férias coletivas. A quarentena foi adota pela direção da empresa para evitar aglomeração de pessoas e garantir a saúde dos funcionários que seguem trabalhando em atividades que são consideradas essenciais. A lista dos dispensados foi elaborada pelos gerentes das áreas.

Desde os primeiros alertas das autoridades de saúde dos riscos da propagação do novo coronavírus, a CSN alterou a rotina nas fábricas e escritórios. Foram ampliadas ações de orientação quanto à higiene, reforço da equipe de limpeza, disponibilização de álcool em gel, suspensão dos procedimentos de viagem e reuniões presenciais, atendimento de casos sintomáticos de gripe, dentre outras.

Na semana passada, a empresa já havia liberado, em regime de férias, os trabalhadores pertencentes ao grupo de risco. Jovens Aprendizes e Estagiários menores de idade foram afastados sem alteração da remuneração. A Usina Presidente Vargas, em Volta Redonda, mantém parte de suas operações. Ainda nesta quinta-feira, novas medidas devem ser anunciadas.

Confira as outras medidas de segurança anunciadas pela CSN: 

• Determinação de não realizar viagens nacionais ou internacionais. Deverão ser utilizados instrumentos como videoconferência, call, e-mails, telefonemas e WhatsApp para os contatos;

• Cancelar reuniões presenciais, no escritório ou fora dele, bem como a participação em treinamentos externos, utilizando-se dos meios acima citados para realizar os contatos de trabalho;

• Nas reuniões entre os próprios colaboradores da CSN é sugerido o uso de dispositivos eletrônicos e, não sendo possível, dar preferência a ambientes abertos, respeitando a distância de 1 metro entre os participantes.

Além disso, cabe lembrar as instruções já amplamente compartilhadas, como:

• Reforçar os cuidados de higiene, tais como, lavar regularmente as mãos com água e sabão abundantemente por pelo menos 20 segundos e, sempre que necessário, higienizá-las com álcool 70% em gel; 

• Evitar compartilhamento de objetos de uso pessoal;

• Cobrir a boca e o nariz ao espirrar ou tossir, preferencialmente com o braço;

• Evitar cumprimentos com toque, beijo ou abraço;

• Qualquer colaborador que apresente sintomas, ou que tenha proximidade com alguém que tenha, como febre e/ou falta de ar deverá procurar o serviço médico da CSN para atendimento e adoção de medidas cabíveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui