O Covid-19 continua a sua escalada em Volta Redonda. Já são 127 casos confirmados, cinco a mais que no último boletim, divulgado na tarde de segunda-feira (dia 13). Outros 700 casos suspeitos estão sendo investigados. As informações foram divulgadas pelo prefeito Samuca Silva (PSC), acompanhado do Secretário de Saúde, Alfredo Peixoto, em uma transmissão ao vivo nas redes sociais.

Os cinco novos casos estão divididos entre quatro mulheres, de 32, 32, 39 e 62 anos, e um homem de 21 anos. O número de internações também subiu nas últimas 24 horas. No relatório de segunda-feira (dia 13), eram 13 pacientes hospitalizados, com apenas uma confirmação da doença, já nesta terça-feira (dia 14), 29 internações, com 27 casos suspeitos e dois confirmados. Até o momento, a estatística de óbitos segue a mesma, apenas sete.

Volta Redonda tem uma média diária de 15% de casos suspeitos que são confirmados e, segundo Samuca, esta é uma conta que torna a curva de contágio perigosa no município. “Hoje nós temos 700 casos suspeitos, se 15% das suspeitas, que é a média que nós estamos trabalhando, forem confirmadas, até amanhã teremos mais 105 casos. Temos que nos cuidar”, afirmou o prefeito

Samuca aproveitou a transmissão para explicar as estatísticas relacionadas ao Hospital Regional, que segundo ele, está sendo alvo diversas “fake news”. “O Hospital Regional está recebendo pacientes de todo o Estado. Apenas os pacientes residentes em Volta Redonda estão entrando em nossa conta. No momento, temos quatro munícipes internados na unidade”, disse Samuca, que ainda confirmou que o município conta com menos de 50% de ocupação nos leitos de sua rede hospitalar.

O Secretário de Saúde, Alfredo Peixoto, relatou alguns bairros que contam com casos de coronavírus, prática que até então não era usual nas transmissões do prefeito. Segundo Alfredo, muitos bairros do município já apresentam confirmações da doença, como por exemplo, Jardim Veneza, Laranjal, Jardim Primavera, Aterrado, Siderópolis, Laranjal, Voldac, Niterói, Vila Mury, Jardim Amália I e II, Bela Vista, Santo Agostinho, Sessenta, San Remo, Mariana Torres, Limoeiro, Belmonte, Vila Santa Cecília. “Confirmei os bairros apenas para que as pessoas saibam da extensão da doença em Volta Redonda”, relatou o Secretário.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui