A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), publicou nesta quinta-feira (dia 16) uma portaria proibindo a venda de remédios a base de nitazoxanida sem receita médica especial. A substância é comercializada em forma de vermífugo com o nome Annita.

Na última quarta-feira (dia 15) o ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, afirmou que o Brasil iria começar a testar em humanos, um medicamento, que não teve o nome divulgado e que, durante estudos pré-clínicos, eliminou cerca de 94% da carga viral do Covid-19.

A partir desta sexta-feira (dia 17) remédios a base da nitazoxanida, passarão a ser considerados substâncias controladas e serão comercializadas apenas com receita especial em duas vias, uma ficando com o paciente, e outra, retida na farmácia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui