O prefeito Samuca Silva (PSC) afirmou na tarde de segunda-feira (dia 27) que o acordo com o Ministério Público (MP) a fim de reabrir, de forma flexibilizada, o comércio no município, poderá ser aprovado nesta terça-feira (dia 28). As informações foram divulgadas em uma transmissão ao vivo nas redes sociais

Samuca relembrou os seis eixos que permeiam o estudo enviado ao MP: o crescimento de casos suspeitos inferior a 5% a cada dois dias, disponibilidade de 50% nas UTIs municipais e 70% dos leitos no Hospital de Campanha, permanência do isolamento para grupos de risco, uso de máscaras obrigatório e a proibição das aglomerações.

No momento, a Cidade do Aço está dentro das metas estabelecidas para a flexibilização das atividades comerciais, conforme dados da administração municipal. Segundo o prefeito, nos últimos dois dias, o município teve um aumento de 3.71% nos casos suspeitos.

As UTIs e o Hospital de Campanha também mantém um índice de ocupação que atende aos critérios para a reabertura do comércio. 27% dos leitos municipais e 6% do Hospital de Campanha estão ocupados.

Em nota na manhã desta segunda-feira, entidades empresariais defenderam a antecipação da reabertura do comércio varejista para o dia 5 de maio.

Datas de reabertura

5 de maio: Serviços administrativos e de escritório, atividades profissionais e científicas, financeiras e seguros, informação e comunicação, oficinas mecânicas, bares e restaurantes, que poderão funcionar com uma taxa de 30% de ocupação e feiras livres.

11 de maio: comércio varejista em geral, com as normas de segurança devidamente aplicadas.

Casos

Segundo o boletim da secretaria de Saúde, já são 312 casos confirmados, representando um aumento de quatro pacientes nas últimas 24 horas. As notificações suspeitas chegaram a 1004. A cidade permanece com 10 óbitos, porém, outras 4 mortes suspeitas foram contabilizadas.

No total, o número de pacientes internados chegou a 55, sendo 28 em UTIs e 27 em ambulatórios. Na rede pública, são 5 na UTI e 15 em enfermarias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui