Um atleta e um funcionário do Volta Redonda FC testaram positivo para o coronavírus na tarde desta quinta-feira (dia 14). Segundo o clube, dos 40 exames realizados pela Federação Carioca de Futebol (FERJ), apenas os dois casos receberam diagnóstico positivo. O Esquadrão de Aço foi o primeiro clube a receber o processo, que faz parte do protocolo Jogo Seguro, criado pela federação.  

“Estamos realizando os testes sorológicos para IgG e IgM para a Covid-19. O teste é realizado através da pulsão digital, onde, com apenas uma gota de sangue, e após dez minutos, o resultado é liberado. Ele detecta a presença no sangue de anticorpos, tanto IgG, quanto IgM, para o vírus que provoca a doença Covid-19. O teste tem uma sensibilidade que chega a 96%”, explicou a biomédica Juliana Cortes.

O presidente do Voltaço Flávio Horta falou sobre a ação e reafirmou que o clube só retornará as atividades após a autorização das autoridades. 

Neste momento delicado que estamos passando, o mais importante é pensarmos na saúde de todos em primeiro lugar. Este teste é importante para a precaução dos nossos funcionários, já que, com eles, conseguimos identificar possíveis contaminações e, assim, zelar pela saúde de todos e seus familiares. Vamos analisar os resultados dos testes e seguiremos respeitando as medidas de segurança, que também estão presentes no nosso protocolo”, afirmou Flávio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui