Volta Redonda está recebendo uma intensa força-tarefa de fiscalização aos estabelecimentos comerciais da cidade. E na noite de sábado, (dia 16), mais uma ação foi realizada para coibir aglomeração e desrespeito às medidas de prevenção e combate ao novo coronavírus. As equipes percorreram seis bairros: Aterrado, São Geraldo, Jardim Tiradentes, Jardim Amália II, Santo Agostinho e Volta Grande, e, ao todo, oito estabelecimentos foram orientados, um autuado e outro interditado.“Volta Redonda estabeleceu tolerância zero com aglomeração e desrespeito as medidas de prevenção e combate ao novo coronavírus. A força tarefa vem realizando um excelente trabalho para coibir qualquer tipo de irregularidade. Todas as denúncias realizadas pela população estão sendo averiguadas. É importante que todos, tenha responsabilidade na luta contra o vírus”, destacou o prefeito Samuca Silva.

A fiscalização é uma ação integrada entre a prefeitura, através da Guarda Municipal, Secretaria de Fazenda (SMF), Polícia Militar, Polícia Civil e Ministério Público, atendendo denúncias da população, por meio do telefone 156, a CAU (Central de Atendimento Única).

 O prefeito Samuca Silva enfatizou que é relevante orientar e principalmente informar os comerciantes sobre as medidas de combate ao coronavírus. “Na ação, os fiscais orientam e instruem os comerciantes que, em caso de reincidência, serão penalizados conforme a legislação determina, com multa, interdição e cassação de alvará. Por isso, é importante que a população participe, fiscalizando junto e colaborando”, explicou o prefeito.

Na ocasião, as equipes também averiguaram casos reincidentes de violação, com aplicação do artigo 268 do Código Penal, que prevê detenção e multa para quem infringir a determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa a qual, violada pelo comportamento, expõe a perigo a saúde pública.

Foto: SecomVR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui