A Secretaria de Saúde de Barra Mansa implantou um comitê municipal com representantes de todos os setores do serviço público contando com infectologistas, clínicos, enfermeiros, farmacêuticos, membros da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) e demais autoridades sanitárias para a construção de um protocolo municipal.

Os métodos de tratamento incluem treinamentos aos profissionais, testagem em domicilio, acompanhamento dos pacientes e contactantes por meio de visitas e via telefone.

Embasado em artigos científicos e nas orientações do Ministério da Saúde para atendimento de pacientes com Covid-19, tanto a nível ambulatorial quanto hospitalar, a Secretaria está realizando reuniões periódicas para avaliações dos dados do município e ajustes das condutas necessárias. Os pacientes são atendidos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do  Centro e no Centro de Tratamento e Triagem da Covid-19, na Região Leste. As medicações são disponibilizadas de forma gratuita preconizadas no protocolo.

Segundo a coordenadora médica da UPA Centro, Gabriella Laviola Meirelles, os procedimentos aplicados ajudam no tratamento preciso dos pacientes. “Com essas medidas de atendimento e início precoce das medicações, estamos conseguindo diminuir as internações e consequentemente as complicações desses pacientes”.

Os enfermos com sintomas agravados e que necessitam de suporte estão sendo referenciados para Centro de Tratamento e Triagem da Covid-19, na Região Leste e para a Santa Casa de Barra Mansa, que hoje conta com uma ala específica para pacientes infectados.

Os profissionais da Saúde de Barra Mansa e todos os habilitados que se encontram na linha de frente da pandemia foram reconhecidos com excelência pelo Estado do Rio de Janeiro, no combate da doença. “Esse mérito se reverte para melhoria das condições de saúde do município”, finalizou Gabriela.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui