Uma live do grupo de pagode Aglomerou foi interrompida por uma operação policial, na tarde deste domingo (dia 26), em Angra dos Reis. A casa onde os músicos realizavam a transmissão, localizada na Praia da Ribeira, é ao lado de uma residência que seria o alvo dos policiais e, segundo informações, onde uma festa com foragidos da justiça estaria sendo realizada desde o sábado.

Com a chegada dos policias, os participantes da festa correram em direção a um mangue e disparam. Os agentes não encontraram os suspeitos. Algumas pessoas que estavam na festa possuem passagens pela Polícia por tráfico, roubo e associação criminosa.

Todos que estavam no local foram autuados por descumprimento do decreto sanitário vigente em razão da pandemia de Covid-19. Na festa, também foram encontrados frascos de lança-perfume e diversos indícios de consumo de drogas.

Na casa ao lado, onde ocorria a transmissão, os músicos se assustaram com disparos de armas de fogo e pararam de tocar. Após o susto, membros da banda explicaram a situação no Instagram.

“Galera, estamos bem. Tá tudo bem. Tá acontecendo uma operação policial em uma casa bem próxima aqui do espaço. Então, ocorreu esse fato, mas tá todo mundo bem. Não tem nenhum vínculo com o espaço. Não tem problema nenhum com quem tava aqui dentro da live. É isso aí. Tá tudo certo. A gente vai remarcar a live porque a gente tá meio sem clima pra fazer”, explicou João Victor, o vocalista do grupo

Segundo a Polícia Civil, a operação foi o desdobramento de uma investigação da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense, com o apoio da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core). Ainda segundo a corporação, a interrupção da transmissão ” foi para evitar que alguém pudesse ser ferido durante a ação”.

Moradores de Angra também se assustaram com a situação e comentaram a operação em grupos nas redes sociais. Em um vídeo, uma mulher flagra a entrada dos agentes no imóvel e se assusta com um possível “erro” dos policiais. “Ricardo, é a outra casa. É a outra casa. É a outra casa de festa. A gente é da live. Meu Deus do céu”, esbravejou a mulher.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui