A morte de uma mulher por infarto, ocorrida na manhã da última segunda-feira (dia 31), em Pinheiral, pode estar relacionada a um furto do qual ela foi vítima dois dias antes, na Avenida Amaral Peixoto, no Centro de Volta Redonda. No sábado, Rosely De Souza, de 52 anos, teve a carteira com todos os documentos, inclusive cartões, e R$ 50, furtados enquanto ela estava na fila de uma loja de bijuterias.

A mulher só notou que sua bolsa estava aberta na hora que foi pagar a compra. Não parou por aí. Depois, Rosely descobriu que R$ 4 mil foram sacados de sua conta bancária. Ela registrou o furto, de forma online, na Polícia Civil.

Um filho de Rosely relatou que ela ficou desorientada e nervosa ao descobrir que o dinheiro de sua conta também havia sido furtado. Numa mensagem de áudio enviada à filha, Rosely demonstrou o que estava passando.

“Roubaram o dinheirinho que eu estava juntando com tanto sacrifício. Roubaram tudo”, disse ela, chorando.

Rosely foi sepultada nesta terça-feira (dia 1º) em Pinheiral. Para conseguir o sepultamento, a família utilizou um documento antigo que ela tinha guardado em casa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui