Carlos Alberto Ferreira Corrêa, o “Pet”, de 20 anos, foi assassinado na manhã desta terça-feira (dia 8), na Rua da Pracinha, no bairro Liberdade, em Resende. Ele era um dos suspeitos de envolvimento na morte do comerciante Jean Souza De Seixas, sobrinho do prefeito de Quatis, Bruno De Souza. Ele era menor de idade na época do assassinato de Jean.

Outros três suspeitos de envolvimento no homicídio foram presos na mesma semana em que o crime aconteceu. Jean foi brutalmente assassinado na noite de 27 de março de 2018.

Segundo apurou a polícia, ele estava vendendo um carro e marcou um encontro com possíveis compradores, no bairro Vila Santa Isabel, para mostrar o veículo. No entanto, no ponto de encontro, Jean foi amarrado e espancado pelos bandidos, tendo os dentes arrancados durante as agressões.

Em seguida, os criminosos colocaram fogo na vítima. Jean chegou a ser socorrido pelos bombeiros e levado para um hospital, mas não resistiu e morreu. Na época, a causa da morte foi apontada como traumatismo craniano, segundo laudo do Instituto Médico Legal. O carro da vítima foi encontrado incendiado em Itatiaia.

Jean morava em Porto Real. Sobre o assassinato de Carlos Alberto, a polícia não tem detalhes das circunstâncias. Ele foi atingido por vários tiros na cabeça e no peito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui