Policiais federais prenderam na manhã desta segunda-feira (dia 19), em ação conjunta com o setor de capturas da Polícia Penal da SEAP, uma uruguaia, de 59 anos, suspeita de ter cometido um homicídio em seu país natal. A prisão ocorreu no Irajá, bairro da Zona norte do Rio de Janeiro

Contra ela, havia um mandado de prisão preventiva para fins de extradição expedido pelo Supremo Tribunal Federal. A suspeita estava em prisão domiciliar por conta da pandemia de Covid-19, mas agora irá aguardar no sistema prisional sua extradição para o Uruguai. Foto: Polícia Federal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui