Uma ação da Polícia Militar, realizada na noite desta segunda-feira (dia 28), no bairro Palmeiras, em Pinheiral, terminou com a morte de um rapaz de 20 anos que deixou a prisão beneficiado com a saída de Natal. De acordo com o registro feito pelos policiais, eles foram ao bairro averiguar uma denúncia de perturbação do sossego, pois estaria sendo realizada uma festa de comemoração da saída de Natal de um detento.

Os policiais relataram que, quando chegaram, constataram o som muito alto e ordenaram que todos encostassem as mãos na parede, virados de costas, quando Uives Alex Santos Reis, de 20 anos, teria saído do interior de uma residência, gritando que ninguém seria revistado. Os policiais também contaram que, por diversas vezes, ordenaram que Uives também encostasse as mãos na parede e virasse de costas, mas que ele teria partido para cima deles e tentado pegar o fuzil de um dos agentes.

Houve confusão e, ainda conforme a versão dos policiais, a arma disparou, atingindo Uives no peito. Ao mesmo tempo em que o Samu foi acionado para socorrer a vítima, que não resistiu, foi pedido reforço, pois moradores, revoltados, começaram a cercar os policiais, inconformados com o fato de o rapaz ter sido baleado.

Ele acusam o PM que portava o fuzil de ter atirado na vítima desarmada. Segundo a PM, Uives tinha nove anotações criminais, sendo suspeito de envolvimento em três homicídios, além de passagens por tráfico de drogas e corrupção ativa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui