Cerca de vinte agentes da Guarda Municipal iniciaram na quarta-feira (dia 26) a operação de conscientização dos motoristas para que não efetue pagamento a flanelinhas – guardadores de carros em via pública, não regulamentados. A ação, que vai abranger os principais centros comerciais de Volta Redonda, começou pela Praça Brasil, na Vila Santa Cecília, e tem como objetivo evitar o incentivo à prática da flanelagem. 

O comandante da Guarda Municipal, Paulo Henrique Dalboni, afirmou que o trabalho é uma força-tarefa que envolve ainda a Secretaria Municipal de Ação Comunitária (Smac), que vai cadastrar os flanelinhas para inseri-los no mercado de trabalho; o SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), que vai retirar os pontos de água, já que a lavagem de carros na rua é irregular e uma prática que agride o meio ambiente; além da Polícia Militar e da Polícia Civil, que colocou um ônibus na Praça Brasil para fazer o Registro de Ocorrência no caso do cidadão se sentir constrangido ou ameaçado pelos flanelinhas. 

“A campanha tem sido bem recebida pela população neste primeiro dia e esperamos contar com a ajuda dos motoristas para coibir a ação dos flanelinhas. A Guarda Municipal e a PM vão atuar na fiscalização, mas é necessário que o cidadão não pague a esses guardadores para não incentivar a prática”, disse Dalboni, acrescentando que é imprescindível que a pessoa que se sinta ameaçada ou constrangida faça o registro de ocorrência para caracterizar os crimes de extorsão, constrangimento ilegal ou ameaça.

Rodrigo Matos, que é perito de seguradora de automóveis e morador do bairro Água Limpa, afirmou que não dá dinheiro aos flanelinhas. “Mas sempre fico na dúvida se vão fazer alguma coisa como arranhar o veículo”, disse. 

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, lembra que a ação de flanelinhas é histórica na Vila Santa Cecília, por isso, a Guarda Municipal começou o trabalho de conscientização dos motoristas pelo bairro. “É importante que o cidadão saiba que é um direito estacionar em via pública nos locais normatizados. Em Volta Redonda há o estacionamento rotativo, que logo será modernizado com a utilização de aplicativo para celular”, contou.

Foto: Geraldo Goncalves/Secom

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui