Foi publicado no site oficial da prefeitura de Volta Redonda, nesta terça-feira, dia 19, o edital de Chamamento Público 031/2019, que trata da concessão do serviço de transporte coletivo das linhas que, atualmente, são operadas pela viação Sul Fluminense. O contrato será de caráter emergencial, com permissão operação de até 180 dias.

Em maio deste ano, o prefeito Samuca Silva decretou a caducidade da concessão das linhas da Sul Fluminense por conta do grande aumento de reclamações do serviço prestado pela empresa. A licitação das linhas da Sul Fluminense é inédita, já que o contrato anterior era uma delegação do serviço antes da lei de concessões. Com isso, Volta Redonda está próxima de efetuar licitação nas linhas pela primeira vez, assim que o Tribunal de Contas autorizar o processo.

Segundo Samuca, as empresas interessadas no contrato emergencial podem apresentar propostas até 6 de dezembro e a viação vai assumir 29 linhas urbanas e quatro extensões de linha.

“Estamos buscando realizar a licitação de forma definitiva, o edital ainda segue em análise no Tribunal de Contas do Estado, mas a população não pode esperar mais. Por isso, estamos tomando essa medida de forma emergencial, para dar um retorno rápido a população de Volta Redonda que precisa de um transporte de qualidade”, comentou o prefeito.

O prefeito destacou que, após o prazo final de recebimento de propostas, a empresa deverá iniciar a operação na cidade de forma imediata, com prazo máximo de 40 dias.

“A empresa que apresentar condições de assumir as linhas mais rapidamente terá pontuação diferenciada dentro do edital. A empresa que tiver condição de iniciar a operação mais rápido tem pontuação maior. Se duas empresas empatarem nesse tempo, a diferença será na idade da frota de veículos. Isso vai fazer com que o serviço comece o mais rápido possível e que possamos dar um retorno satisfatório a população”, completou Samuca.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui