Um homem de 32 anos provocou confusão e quase causou acidentes graves na Via Dutra, em Resende, ao tentar fugir da Polícia Rodoviária Federal. A perseguição durou 9 km, até ele perder a direção de um Spacefox, com placa de São Paulo, rodando e saindo da pista.

A primeira tentativa de abordagem foi no km 311, onde um pedestre chamou a atenção dos policiais para um carro parado perigosamente no meio da via do acesso oeste de Resende. O motorista estava deitado no banco rebaixado. Ele ligou repentinamente o carro e arrancou, quase atropelando um policial rodoviário. Teve início então a perseguição por 9 km.

Neste percurso, ele fez ultrapassagens pelo acostamento, bateu numa defensa metálica e na mureta central e ainda fez com quem um caminhão batesse na traseira da viatura da Polícia Rodoviária.

Ele só parou quando teve os pneus avariados, rodou e saiu da rodovia. Mas a confusão não tinha terminado. Os policiais precisaram quebrar o vidro do Spacefox para retirar o motorista, que se negava a sair do carro.

Ele tentou agredir os agentes, que precisaram usar da força para dominá-lo e algemá-lo. E não parou por aí: segundo os policiais, o descontrolado motorista havia defecado nas roupas e, dentro do carro, havia garrafas plásticas cheias de urina.

No consolo do veículo, foram encontrados R$ 642 em dinheiro. O preso vai responder por tentativa de homicídio, desobediência, direção perigosa e resistência. Foto: Polícia Rodoviária Federal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui