Agentes do Consultório de Rua, da Secretaria de Saúde de Barra Mansa, estão intensificando a divulgação de informações sobre o novo coronavírus junto à população em situação de rua. A meta é reduzir a vulnerabilidade desse público diante da propagação da doença.

Segundo o secretário de Saúde, Sérgio Gomes, existe uma total falta de conhecimento sobre o assunto junto à população em situação de rua. “Isso foi contatado pela equipe do Consultório na Rua, formada por educadores sociais, técnica de enfermagem, psicóloga e enfremeira. Sem acesso a TV, rádio e jornais, eles vivem um mundo paralelo, no qual as notícias chegam sobre a ótica de outras pessoas e nem sempre corresponde a realidade. Em nossas abordagens, constatamos o desconhecimento sobre o vírus, prevenção e cuidados”, disse.

Paralela as abordagens, estão sendo distribuídos kits individuais de higiene, contendo um copo descartável, escova e creme dental, sabonete e uma garrafa com água para a higienização das mãos e rosto.

“As abordagens acontecem de 8h às 17h, em locais que costumam concentrar este tipo de público, como a Gare da Estação e a Avenida Beira Rio. Estamos esclarecendo acerca da importância de não compartilhar os objetos de uso pessoal, de evitar contato mantendo distância de pelo menos um metro de outra pessoa”, ressaltou o secretário.

O Lar de Jesus, entidade filantrópica do município, prossegue funcionando como abrigo para 13 pessoas em situação de rua. Neste período o Centro Pop suspendeu as atividades de convivência, como a sala de televisão, mas continua oferecendo a oportunidade para que essas pessoas possam tomar banho, lavarem suas roupas e se alimentarem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui