Em encontro com o secretário de Estado de Saúde, Edmar Santos, o prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, ofereceu ao Governo do Estado leitos hospitalares de retaguarda para atendimento de casos de novo coronavírus na região Sul Fluminense. O encontro também contou com a presença do subsecretário estadual de Saúde, Roberto Pozzan.

Serão disponibilizados 44 leitos do futuro Centro Municipal de Saúde (antigo Hospital Santa Margarida), que está passando por fase final de acabamento e tem previsão de ser entregue no final deste mês.

“O Centro Municipal de Saúde será entregue no final de março. Esses leitos seriam de retaguarda para a nossa rede de saúde. Estamos colocando à disposição do estado caso o vírus avance. Essa medida também visa deixar nossos hospitais, como São João Batista e Retiro, para outras demandas, centralizando o tratamento do novo coronavírus em unidades referenciadas”, disse Samuca.

Outro local oferecido pelo prefeito à secretaria estadual de Saúde é o Hospital do Idoso, que tem oito leitos na UTI e mais 14 em enfermaria. Esses leitos são separados e sem contato com o restante do hospital, evitando assim possibilidade de contaminação. “Essa é uma medida humanitária e visa o bem estar de toda população do Sul Fluminense. A prioridade é a capital do Rio de Janeiro, onde já circula o novo coronavírus. Essa medida é preventiva e visa garantir o atendimento a população caso, em nossa região, ocorra o pior, que é termos o vírus circulando no Sul Fluminense, disse o prefeito Samuca Silva.

O prefeito destacou que essa indicação foi feita ao Plano Operativo do Estado contra o Covid-19 para caso necessário, aconteça a utilização desses leitos. “Não sabemos se haverá necessidade, mas caso precise o Governo do Estado já sabe que pode contar com a cidade de Volta Redonda. Importante destacar que planejar ações é essencial neste momento e que estamos tomando todas as medidas cabíveis de proteção a nossa população. Esperamos não precisar utilizar esses leitos”, completou Samuca.

Foto: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui