Patrocínio solidário será utilizado para ajudar trabalhadores afetados pelo coronavírus

Solidariedade! Esta é a palavra que motivou a nova campanha criada pelo Volta Redonda. O Esquadrão de Aço disponibilizará o espaço da manga do uniforme, do backdrop (painel que fica exposto nas entrevistas) e de faixas no Centro de Treinamento, no Aero Clube, para um supermercado. Em troca, o clube a empresa solidária se comprometeria em doar cestas básicas que serão repassadas para trabalhadores autônomos da cidade, afetados pela pandemia do coronavírus.  

Segundo o presidente do Voltaço, Flávio Horta, esta foi a maneira que a diretoria tricolor enxergou para poder ajudar os voltarredondenses, uma vez que o clube também será afetado financeiramente e não conseguiria contribuir com as doações.  

“O Volta Redonda, assim como a maioria dos clubes do Brasil, enfrenta muitas dificuldades financeiras, que serão agravadas por conta deste cenário de incertezas que o coronavírus criou. Porém, o Voltaço, como um clube que representa a cidade, não pode ficar parado e precisa buscar maneiras de ajudar a população de Volta Redonda. Temos este espaço na manga do uniforme disponível e pensamos em utilizá-lo em troca de um patrocínio solidário, arrecadando cestas básicas que serão doadas para trabalhadores autônomos e que estão sendo prejudicados por conta desta pandemia”, explicou. 

O mandatário tricolor destaca ainda que o clube já procurou alguns supermercados para iniciar a conversa sobre a parceria, porém ainda não fechou com nenhum. Caso algum empresário esteja interessado em ajudar nesta causa, pode entrar em contato através do e-mail: marketing@voltaco.com.br.

“Neste momento, precisamos somar forçar para conseguirmos amenizar esta situação. Ainda teremos jogos que serão transmitidos pela TV neste Estadual, inclusive contra o Fluminense, e podem ter certeza que a visibilidade do Supermercado será muito grande. Sem contar que podemos chegar à semifinal da Taça Rio e a geral, e teremos ainda toda a Série C pela frente. Tudo isso somado a oportunidade de contribuir com um trabalhador autônomo que, com certeza, está precisando muito da nossa ajuda”, destacou. 

O cadastro e a logística da distribuição das cestas serão definidos, posteriormente, com o supermercado parceiro e com a ajuda da coordenadoria de assistência social de Volta Redonda. 

Imagem: Reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui