Em áudio disponibilizado nas redes sociais, no final da manhã desta quinta-feira (dia 2), o prefeito Samuca Silva (PSC) confirmou a segunda morte por coronavírus em Volta Redonda. A mulher, de 67 anos, estava internada em uma área isolada dos demais pacientes do Hospital São João Batista, onde morreu no dia 23 de março.

O irmão da vítima, também idoso, de 66 anos, morreu com os mesmo sintomas no último dia 21. Ele também estava internado e isolado no Hospital São João Batista. Inicialmente, a secretaria de Saúde de Volta Redonda tratou os dois casos como suspeitas de H1N1.

Segundo a prefeitura, os dois irmãos viajaram recentemente para Minas Gerais. No entanto, não há informações sobre o possível contato deles com pessoas diagnosticadas com a Covid-19.

A confirmação das duas mortes por coronavírus somente foi possível com a divulgação dos resultados dos exames de contraprova realizado pelo Lacen (Laboratório Central Noel Nutels). Até a manhã desta quinta-feira, o Município de Volta Redonda contabilizava 45 casos confirmados e outras 362 pessoas sendo investigadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui