A secretaria de Saúde de Volta Redonda divulgou, na tarde desta quinta-feira (dia 16) mais um boletim com casos de coronavírus no município. Segundo o relatório, são 162 confirmações, 775 casos suspeitos e seis pacientes internados pela doença. As informações foram divulgadas em mais uma transmissão do prefeito Samuca Silva (PSC).

Na tarde desta quinta-feira (dia 16) foram registrados 28 casos a mais que no relatório anterior, divulgado na quarta-feira (dia 15). Os novos casos estão divididos entre 16 mulheres, com idades entre 20 e 64 anos, e 12 homens, na faixa etária de 27 a 62 anos.

Os casos suspeitos também saltaram. Já são 775, representando um aumento de 50 pacientes em relação ao boletim anterior. De acordo com o prefeito, até o momento, o número de óbitos segue o mesmo, sete no total.

Atualmente, a cidade conta com 6 pacientes internados com Covid-19, e outros 27 com suspeita da doença. O prefeito afirmou que esses números se devem a um planejamento implementado por sua gestão.

“Nós estamos fazendo o nosso trabalho de planejamento. Nós estamos com baixas internações, baixos óbitos. Nós estamos conseguindo evitar que quem tem algum risco, diabético, obesidade, mais de 60 anos, tenham contato com o vírus. Todo mundo que tem algum sintoma, ele é coletado o sangue. Este é o procedimento de Volta Redonda há muito tempo, desde o início. Eu não sei como as outras cidades fazem, mas Volta Redonda é dessa forma. Então, independente do teste, nós já testamos através da coleta do exame e manda para o laboratório. Por isso que nós aparecemos com os casos confirmados, porque colocamos em quarentena todos que nos procuram com sintomas na nossa rede. Esse é o procedimento da iniciativa privada e pública de Volta Redonda”, explicou Samuca.

“A pessoa procura a rede com algum sintoma, é classificado como suspeita de Covid, é coletado e mandado para o Rio. Esse é o procedimento de Volta Redonda”, disse o prefeito.

“Repito, você que pode ficar em casa, fique! Lembrando, quem tem mais de 60 anos, por favor, se cuide. Nós estamos conseguindo vencer em Volta Redonda, neste momento, que as pessoas dentro do grupo de risco, que é mais fatal, não peguem o vírus. Isso é essencial para a nossa sobrevivência”, alertou.

Mensagem

O prefeito Samuca informou que, momentos antes da transmissão, enviou uma mensagem com estimas de melhora ao governador Wilson Witzel (PSC), que testou positivo ao novo coronavírus. “Ele disse que nós vamos vencer essa guerra contra o novo corona”, respondeu Witzel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui