A reunião entre o prefeito Samuca Silva (PSC) e o Ministério Público, ao contrário do que era esperado, não irá ocorrer nesta segunda-feira (dia 1º), mas na próxima quarta-feira (dia 3). O encontro visa decidir sobre uma maior flexibilização das atividades econômicas e sociais em Volta Redonda.

Samuca apresentou ao MPRJ uma proposta de maior flexibilização já a partir do dia 10 de junho, já que, segundo entendimento do prefeito, a Covid-19 está controlada no município. A intenção é a retomada de templos religiosos, academias e clubes, todos seguindo regras de prevenção.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui