O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, e o superintendente da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Inspetor Silvinei Vasques, assinaram nesta terça-feira (dia 30) um acordo de cooperação técnica que amplia a integração entre a corporação e as forças de segurança do município. O termo estimula o compartilhamento de informações estratégicas no combate ao crime.

Segundo a prefeitura, o acordo permite que a PRF tenha acesso, por exemplo, ao CIOSP (Centro Integrado de Operações de Segurança Pública) e o município passa a ter acesso às milhares de câmeras de monitoramento sob gestão da PRF. Além disso, a PRF poderá inserir guardas municipais e agentes da SESP em treinamentos de capacitação.

“Essa é uma parceria de integração tecnológica e troca de conhecimento sem custos para ambos, uma ação que visa qualificar e ampliar a cobertura de ações de combate ao crime”, explicou o superintendente da PRF.

Outro termo assinado entre Samuca e Vasques foi a doação de armamento que futuramente deve equipar os guardas municipais. Foram doadas 34 pistolas.

“Estamos buscando legitimar o porte de arma à GM, uma ação que pode fazer da GM de Volta Redonda a primeira do Estado a se armar no combate a criminalidade”, comentou o secretário da SESP, coronel Antônio Goulart. Samuca e Vasques ainda dialogaram sobre a instalação de um novo posto da PRF nas intermediações da Rodovia Presidente Dutra que dão acesso à Volta Redonda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui