Em relatório divulgado na noite desta sexta-feira (dia 31), a secretaria de Saúde de Volta Redonda relatou que as UTIs destinadas ao atendimento de pacientes com Covid-19 apresentam ocupação de 45%, número próximo ao limite de 50%, que caso seja atingindo, implica no fechamento do comércio, conforme prevê o acordo de flexibilização comercial homologado pela Justiça. O hospital de campanha opera com 10% da capacidade.

O uso das UTIs voltou a crescer, mesmo com os 10 novos leitos emprestados pelo Hospital Hinja à prefeitura.

Os outros números da doença também aumentaram. Nesta sexta, a Saúde confirmou quatro novos óbitos, registrando um total de 125. Duas mulheres, de 75 e 64 anos, e dois homens, de 66 e 80 anos, são as novas vítimas da doença na cidade.

No momento, a Cidade do Aço tem 3.599 casos confirmados, com 2.183 curados. Os notificados chegaram a 12.628. 5.103 exames deram negativo e foram descartados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui