A Guarda Municipal de Volta Redonda (GMVR), apreendeu, neste domingo (dia 16), dois homens que estavam utilizando notas falsas na Feira Livre. Os suspeitos foram conduzidos até a delegacia da Polícia Federal, onde foi atestada a falsificação das notas

De acordo com o relato da GMVR, a princípio, um dos feirantes teria pedido ajuda aos guardas municipais que estavam fazendo a ronda preventiva no local e relatado que o suspeito havia tentado pagar as compras com uma nota falsa de R$100. Após ser descoberto e abordado pela GM, o suspeito admitiu que sabia que a nota era falsa e contou que havia mais cédulas, o que levou ao segundo homem.

No total, a dupla possuía quatro cédulas falsas. Eles alegaram que obtiveram as notas falsas através da venda de um celular, o que não pôde ser comprovado naquele momento. Os homens foram autuados e permaneceram detidos na Polícia Federal.

Falsificar, fabricar ou alterar moeda metálica ou papel moeda de curso legal é crime previsto no artigo 289 do Código Penal. A pena varia de três a 12 anos de prisão e multa. Também está sujeito à mesma pena quem importar ou exportar, adquirir, vender, trocar, ceder, emprestar, guardar ou introduzir na circulação moeda falsa. A pessoa que tentar colocar uma cédula falsa em circulação após tomar conhecimento de sua falsidade, mesmo que a tenha recebido de ‘boa fé’, pode ser condenada a uma pena de seis meses a dois anos de detenção.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui