Um homem, que não teve a identidade informada, foi detido, na tarde desta terça-feira (dia 25), por estar vendendo, supostamente de forma irregular, chácaras de mil metros quadrados em um terreno localizado nas proximidades da antiga Edimetal, na Via Dutra. A denúncia da irregularidade partiu do Ministério Público estadual, que notificou a Secretaria de Meio Ambiente de Barra Mansa. O escritório do suspeito foi localizado na Vila Ursulino.

Segundo a polícia, o homem se apresentou como dono dos terrenos, mas teria apresentados documentos com nome e carteira de identidade de outra pessoa. Dizendo ser de Juiz de Fora (MG), ele estaria vendendo 70 chácaras de mil metros quadrados cada uma, no valor de quase R$ 50 mil, com 50% de entrada e o restante em parcelas mensais durante sete anos. Pelo que foi apurado, das 70 chácaras colocadas à venda, 40 já tinham sido comercializadas.

O secretário de Meio Ambiente de Barra Mansa, Vinícius Azevedo, orienta a população a se informar sobre a regularidade de terrenos colocados à venda, sobretudo em área rural, para ter certeza de que, depois, conseguirá a documentação correta do imóvel.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui