O prefeito de Volta Redonda Samuca Silva (PSC), entregou ao Ministério Público Federal (MPF), documentos que comprovariam o destino dos R$ 15 milhões em verbas que o município recebeu como parte do programa Finansus. A informação foi divulgada, na tarde desta quarta-feira (dia 2), em um vídeo nas redes sociais do prefeito.

Segundo Samuca, a verba teria sido utilizada no pagamento de despesas com pessoal, décimo-terceiro salário e fornecedores. O prefeito prometeu que a documentação também será entregue ao Ministério Público estadual.

O prefeito reiterou que o dinheiro não foi utilizado para o pagamento de Organizações Sociais (OS). Essa semana, a prefeitura de Volta Redonda cancelou os contratos da OS Mahatma Gandhi, que administra o Hospital do Retiro, e a Associação Filantrópica Nova Esperança, que estava gerindo o Hospital São João Batista. Dentro de 30 dias, a prefeitura irá assumir os dois hospitais.

Por meio de nota oficial, a prefeitura confirmou a entrega dos documentos.

Confira a nota

A Prefeitura de Volta Redonda nesta quarta-feira (dia 2), protocolou no Ministério Público Federal, de forma espontânea, toda documentação referentes aos contratos das organizações sociais que atuavam na cidade, bem como todos os documentos de repasses financeiros do Governo do Estado ao município referentes a saúde. O mesmo será também entregue ao Ministério Público do Estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui