Foram identificados na tarde desta quinta-feira (dia 15), os dois homens mortos na queda de um helicóptero, em Passa Três, distrito de Rio Claro. Trata-se de Gelson M. da Silva, de 34 anos, e Lopez E. Daniel, de 38. Eles eram os únicos ocupantes da aeronave.

No início da tarde, os corpos foram levados ao Instituto Médico Legal (IML) de Volta Redonda. Até o momento, não havia sido informado quem pilotava o helicóptero na hora do acidente, de onde ele havia decolado e qual era o destino da aeronave.

O registro da aeronave, um monomotor Robinson R44, na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) era para serviço aéreo privado e, recentemente, havia mudado de dono.

O helicóptero, ainda segundo a Anac, estava com sua licença de operação para táxi aéreo negada e com o Certificado de Aeronavegabilidade cancelado, pois o Certificado de Verificação de Aeronavegabilidade (CVA), havia expirado em agosto de 2018.

Em nota, a Força Aérea Brasileira (FAB) disse que investigadores do Terceiro Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa III), com sede no Rio de Janeiro, irão apurar as circunstâncias do acidente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui