O candidato a prefeito de Volta Redonda, Granato, pelo Solidariedade, apesar das chuvas que caíram na cidade nessa sexta-feira (dia 30), foi às ruas para conhecer ainda mais a realidade dos seus moradores. O bairro escolhido dessa vez foi a Vila Santa Cecília. Durante a caminhada, algumas pessoas o perguntaram como via a possibilidade de uma segunda onda do novo coronavírus.

Granato afirmou que grande parte dos brasileiros está com a falsa sensação de que a pandemia acabou, mas que isso não corresponde a realidade, muito pelo contrário. Ele citou o caso de países europeus como a França, a Bélgica e a Espanha que voltaram a apresentar casos o que contribuiu para o aumento do número de mortos.

“Aqui precisamos continuar tomando as precauções necessárias para evitar que esse vírus se propague. As aglomerações devem ser evitadas. Sei que é difícil fazer isso, mas é melhor nos sacrificarmos agora do que chorar por uma morte mais adiante”, afirmou.

Ele também comentou que está preocupado com a área da saúde na cidade, já que há uma crise que vem sendo escondida pelo atual gestor, nos hospitais da rede, como o São João Batista e o do Retiro, cujos profissionais estão descontentes já que os salários estão atrasados por causa das organizações sociais que assumiram o comando. “Já disse e repito no meu governo a saúde será uma das áreas prioritárias que iremos atacar ainda nos primeiros dias de janeiro e não haverá terceirização da saúde”, comentou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui