O governo federal decidiu que vai antecipar, novamente, os pagamentos do 13º salário de segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e do abono salarial do PIS/Pasep.

A informação foi confirmada pela colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo. A ideia é que os créditos comecem a ser feitos entre fevereiro e março.

A mesma medida foi aprovada no ano passado, após o estopim da crise da pandemia de Covid-19. Desta vez, a antecipação seria uma alternativa à não prorrogação do auxílio emergencial.

A iniciativa foi aceita pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, pois não tem custo fiscal, uma vez que os recursos do 13º e do abono já estão previstos no orçamento da União.

Com informações do Metrópoles

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui