A concessionária MRs Logística deu início a retirada dos trilhos da linha férrea do Centro de Barra Mansa, que levam ao Pátio de Manobras. Com a retirada, uma via pública na área central começa a tomar vulto no trecho urbano do município.

O prefeito Rodrigo Drable afirmou que esta é mais uma etapa para a concretização integral das obras de readequação ferroviária. “Durante muitos anos foi sonho. Depois virou promessa de campanha. Mas nós estamos transformando em realidade e construindo uma nova Barra Mansa”, disse.

De acordo secretário de Planejamento Urbano, Eros dos Santos, a Prefeitura pretende realizar intervenções urbanísticas neste espaço, promovendo melhores condições ao desenvolvimento da cidade. “Nossa intenção é abrir uma nova via ligando a Rua Siqueira Campos, em Saudade, à Rua Demerval Pimenta, no bairro Roberto Silveira. Diante desse cenário futuro, conseguiremos desafogar o fluxo de veículos neste trecho por onde trafegam diariamente centenas de motoristas vindos dos bairros Colônia, Siderlândia, Rialto, Santa Maria II, Vila Ursulino e também da Rodovia Presidente Dutra”, destacou.

Ainda segundo Eros, também será criado no local, novas vagas para estacionamento. “Dessa maneira, Barra Mansa pode vislumbrar o fortalecimento do comércio com ações de ampliação das calçadas e a retirada do rotativo das ruas do Centro. Isto, certamente atrairá maior número de consumidores para a nossa cidade”.

Readequação ferroviária

As obras de retirada do pátio de manobras do centro urbano de Barra Mansa são aguardadas há pelo menos sete décadas pela população. Além de promover o desenvolvimento da cidade, elas possibilitarão uma convivência mais harmônica entre os pedestres, o trânsito e a ferrovia.

Todas as intervenções são de responsabilidade do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), que atua numa extensão de 4,8 quilômetros do corredor ferroviário urbano no município.

As obras são compostas por diversas intervenções, entre elas, duas passarelas para pedestres, em frente ao Parque da Cidade e próxima à Prefeitura, no Centro, que estão em fase de construção; a passarela Isaías Leite, na Avenida Dário Aragão, próximo ao Campo do Ferroviário, já concluída; a construção da ponte sobre o Rio Barra Mansa, próximo ao Fórum, que depende do puxamento dos trilhos pela concessionária VLI; a reforma do galpão de Anísio Brás, no fim do bairro Vista Alegre, já finalizado, além da construção de imóveis destinados às famílias que tiveram suas casas desapropriadas em função do projeto. Ao todo foram desapropriados 40 imóveis. Algumas famílias foram indenizadas financeiramente, outras 22 serão reassentadas em 17 imóveis que estão sendo erguidos no Campo do Ferroviário e cinco no bairro Roberto Silveira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.