Os funcionários da secretaria municipal de Infraestrutura (SMI) estiveram reunidos na manhã de sexta-feira (dia 28) com o prefeito Samuca Silva (PSDB). “Agora, é um momento de nos alinharmos para melhorar nosso atendimento ao cidadão e fazer de Volta Redonda uma cidade cada vez mais moderna, transparente e estruturada”, frisou o prefeito, durante discurso com os servidores.

Weverton Ambrozio, encarregado de campo da SMI, elogiou a presença do chefe do Executivo e fez o convite para que retorne. “Palestra muito boa, motivacional, deveria acontecer mais vezes. Dá para gente ter uma ideia do que o prefeito está achando do nosso trabalho e o que a gente pode fazer para melhorar”, disse.

A assessora de Relações Institucionais da SMI, Djenane Conegundes, afirmou que o saldo foi positivo. “Vimos a importância que cada funcionário tem na secretaria e como prefeitura. Ganhamos todos como funcionário, como pessoas, para continuar servindo a cidade”, analisou.

“Agradeço a cada um o empenho. Foi um grande desafio unir as duas secretarias antigas de obras e de serviços públicos. Esse carinho que tenho por cada um será eterno. Viramos uma família, um se preocupa com o outro. Agradeço ao prefeito que me deu essa oportunidade e procuro representar da melhor forma possível”, registrou o secretário de Infraestrutura, Toninho Oreste.

Prejuízo

O jornalista Ancelmo Goes publicou em seu blog no O Globo que quatro carros foram roubados de uma forma incomum na quarta-feira (dia 26). Os vidros laterais foram retirados por inteiro, como se estivessem sido removidos com ferramentas especiais. Entre as vítimas estão um morador de Volta Redonda, que ficou sem o notebook, levado de um dos veículos, e um de Barra Mansa, que teve prejuízo de quase R$ 10 mil.

Tutelar

O Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes de Volta Redonda (CMDCA-VR) realizou no domingo (dia 30) a prova para habilitar os pré-candidatos a concorrer à eleição para os Conselhos Tutelares. A avaliação acontece das 8h às 12h, nas dependências do Colégio Delce Horta Delgado, no Aterrado. A avaliação habilita para concorrer à eleição, que será no início de outubro. Os conselheiros serão eleitos pelo voto facultativo e secreto dos eleitores de Volta Redonda acima de 16 anos. No total, 44 pré-candidatos estarão concorrendo às eleições.

Feirantes

Na quinta-feira (dia 27), o prefeito Samuca Silva (PSDB) recebeu no Palácio 17 de Julho cerca de 100 feirantes, que tiveram a oportunidade de sugerir melhorias, apresentar as demandas diárias e solicitações ao chefe do Executivo e secretários. Alguns assuntos levantados foram a extensão do horário de funcionamento aos domingos e a melhoria das estruturas, como banheiros químicos.

Recursos

Samuca aproveitou a ocasião para contar que conseguiu uma verba de R$ 500 mil para fazer a padronização das barracas dos feirantes e que o projeto será apresentado em breve. As respostas e posicionamentos das demandas levantadas nesse encontro serão estudadas e apresentadas na próxima reunião, que acontecerá no dia 25 de julho.

Carcerária

A saúde da população carcerária foi o tema de reunião realizada na quarta-feira (dia 26) no Tribunal de Justiça do Rio com as participações de representantes das secretarias estadual e municipal de Saúde e da secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), entre outros. A iniciativa foi o primeiro passo para a criação de um protocolo de atuação a fim de implementar ações mais efetivas para melhorar a saúde dos presos, tendo como foco a prevenção.

Números

Segundo a Seap, o sistema penitenciário do Estado do Rio de Janeiro tem cerca de 53.300 presos, sendo 22 mil provisórios. Entre as ações de saúde comumente realizadas com a população carcerária, estão o tratamento contra escabiose (piolho) e tuberculose, além de vacinação e pré-natal.

Frustrados

A aprovação pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) do balanço financeiro da administração do prefeito Samuca Silva referente ao exercício de 2017 frustrou muitos inimigos. Terão que engolir a seco essa!

Paulo Henrique Dalboni, que estava à frente da corporação, assume como assessor especial da secretaria de Segurança Pública – Fotos: Evandro Freitas/SecomVR

O guarda municipal Dalessandro de Assis assumiu na sexta-feira (dia 28) o comando da Guarda Municipal de Volta Redonda (GMVR), que conta atualmente com cerca de 180 agentes. A cerimônia aconteceu na sede da Guarda, na Ilha São João, e contou com a presença do prefeito Samuca Silva, secretários municipais, representantes de autarquias e autoridades das forças de segurança, além de familiares do novo comandante.

Paulo Henrique Dalboni, que estava à frente da corporação, assume como assessor especial da secretaria de Segurança Pública. Após assumir oficialmente o comando da corporação, Dalessandro falou para a tropa e se emocionou durante seu discurso.

“O prefeito viu uma necessidade de oxigenação. Durante esse tempo que estou na Guarda, deu para adquirir experiência. Todo mundo tem algo a ensinar e a aprender. Aprendi muito com quem esteve e está aqui, e pretendo deixar um pouquinho da minha contribuição também. Integração entre as forças, cada um fazendo seu papel. Aprendi uma coisa: somos uma equipe só. Sempre juntos em prol da população e em prol um do outro”, afirmou o novo comandante que tem 11 anos de Guarda.

Solidário

Alunos do curso de Recursos Humanos da Faculdade Sul Fluminense (Fasf), em conjunto com a Atlética, promovem neste sábado (dia 29), a partir das 14h, a entrega das doações da campanha do agasalho “RH Solidário”. O material arrecadado será entregue à Legião da Boa Vontade (LBV).

Negado

A Justiça negou o pedido de habeas corpus impetrado pela defesa de Adriano Arlei Serfiotis, filho do ex-prefeito de Porto Real, Jorge Serfiotis. A decisão do desembargador Marcus Henrique Pinto Basílio, da 1ª Câmara Criminal do TJRJ, foi tomada na terça-feira (dia 25).

Denunciado

Adriano está preso desde o último dia 19, por ordem da juíza Patrícia Dickie Oddo, da Vara Única da Comarca Quatis-Porto Real, depois de ser denunciado pelo Ministério Público do Estado por uma suposta tentativa de extorsão do prefeito de Porto Real, Ailton Marques (PDT). Além dele, outros três suspeitos de envolvimento foram denunciados e tiveram a prisão também decretada. Adriano, segundo a polícia, está na Cadeia Pública de Volta Redonda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui