O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva (PSDB), pediu ao governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), uma audiência para conhecer detalhes do projeto de instalação de um Conjunto Prisional Vertical na cidade. O anúncio da construção foi feito nesta segunda-feira (dia 27), pelo secretário estadual de Administração Penitenciária, coronel Alexandre Azevedo.

O Governo do Estado já havia apresentado um projeto pioneiro de ampliação e modernização da unidade prisional já existente em Volta Redonda. Diante do anúncio oficial, Samuca solicitou a reunião com o governador para ter mais detalhes do assunto.

Samuca lembrou que Volta Redonda foi escolhida pelo fato de ter uma Casa de Custódia (construída no início dos anos 2000) e o Degase (de 2013).

“Se não tivéssemos unidades aqui que foram construídas em 2013 e antes disso, talvez não estivéssemos discutindo este assunto agora. De qualquer forma, o projeto de gestão penitenciária que o governador me mostrou é totalmente diferente do atual, que é claramente fracassado. Hoje um preso de menor periculosidade vai para o sistema prisional, uma escola do crime em uma penitenciária do Rio. Essa unidade que o governo quer construir em Volta Redonda, trata-se de uma unidade vertical para presos de menor periculosidade, que tenham praticado delitos considerados “leves”, e que não são integrantes de facções do tráfico”, disse.

O prefeito ainda destacou que, em conversa preliminar com o governador, foi informado de que os detentos seriam da região, que trabalhariam na unidade e aprenderiam uma profissão.

“Acredito na política de segurança do governador Witzel. O que ele me apresentou é que presos de facção não viriam pra cá e, na própria cadeia, seriam instaladas empresas para que o preso possa aprender uma profissão, além de evitar a ida de centenas de pessoas e familiares para o Rio de Janeiro. Atenderia a princípio prisioneiros do interior. De qualquer forma já pedi uma agenda com o Governador para apresentar as preocupações da população com o anúncio de hoje”, completou Samuca.

2 COMENTÁRIOS

  1. Um absurdo , mais presídios no Roma!!?? ( pelo que tenho lido , será provavelmente aqui no Roma) .bairro tá crescendo em termos de moradores, novos condomínios, e não temos serviços básico a população!! Transporte público é horrível, horários, condições dos ônibus, não temos um hospital de atendimento emergência, asfalto em péssimas condições, todo bairro tem serviços de transporte escolar, van …menos no Roma!!! Tenho q levar meu filho todo dia por meios próprios, a uma escola da rede particular ( pois do ensino público, consegue ser pior ) …Aí vem um projeto de outro presídio, que estímulo tem um novo empresário em abrir um comércio aqui ? Não temos sequer uma farmácia no bairro !!!

  2. Ótimo projeto! Além de infraestrutura para os presos, o modelo é bem melhor para os agentes fazerem a segurança. Witzel tem feito um excelente trabalho em relação a segurança pública em nosso estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui