O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva (PSC) fez um alerta a população na tarde desta segunda-feira (dia 11). Segundo o prefeito, se os números da Covid-19 ultrapassarem as taxas determinadas no acordo de flexibilização comercial realizado junto ao Ministério Público (MP), o comércio voltará a fechar.

A declaração de Samuca veio horas após a reabertura do comércio varejista na Cidade do Aço, que registrou intenso movimento nos principais centros comerciais. “Tivemos muitas pessoas nas ruas, muitos nem precisavam estar lá. Por favor, saia só em caso de necessidade, não saia apenas por curiosidade,” apelou.

O acordo de reabertura do comércio, é condicionado pela quantidade de leitos disponíveis na rede pública de saúde e, no momento, a cidade está dentro dos índices previstos. Entretanto, Samuca relatou que os secretários de saúde das cidades da região, se reuniram com o governo do Estado, para ouvir a proposta de que os leitos do SUS que estão vagos no Sul Fluminense, devem ser cedidos a pacientes de outras partes do Rio de Janeiro.

“Eu estou aqui para defender a população de Volta Redonda. Farei o possível legalmente para garantir os leitos para a nossa população”, concluiu Samuca.

Números da Covid-19

Na tarde desta segunda-feira (dia 11) o município chegou ao seu 20º óbito. Trata-se de um homem, de 56 anos, que possuía comorbidades. Os casos confirmados chegaram a 599, 17 a mais que no último boletim, divulgado no último domingo (dia 11).

Os números que determinam a reabertura do comércio, seguem dentro da faixa estipulada no acordo com o MP. São 1544 suspeitas da doença, representando um crescimento de 1% nas últimas 24 horas, número abaixo dos 5% fixados na decisão.

As UTIs tem 11% de ocupação, índice inferior aos 50% acordados junto ao MP. O Hospital de Campanha também se encontra dentro dos parâmetros, com 5% de ocupação, valor menor que os 60% estipulados.

1 COMENTÁRIO

  1. Este Prefeito está brincando com dados na hora que começar a morrer pessoas aí eu quero ver onde é que ele vai enfiar esses dados, esse comércio não era nem para ter aberto, espero que não acontece uma tragédia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui