O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva (PSC) se reuniu na tarde desta quinta-feira (dia 14), no Palácio 17 de Julho, com membros de entidades empresarias do município. No encontro, o prefeito se mostrou favorável a manutenção da flexibilização.

Samuca entregou um relatório de monitoramento à Justiça Estadual, que deverá decidir nos próximos dias sobre a manutenção ou não das atividades econômicas. Ainda sobre o pedido do Ministério Público para fechar novamente o comércio, o prefeito foi enfático e, afirmou que a flexibilização não se trata de “abrir por abrir”.

“Colocamos metas claras de monitoramento do avanço dos casos suspeitos e da ocupação de leitos. Além disso, o comércio pode abrir em horário alternativo para evitar aglomeração pela manhã, obrigamos o uso de máscaras, proibimos qualquer tipo de aglomeração e limitamos o número de clientes nos estabelecimentos, entre outros”, disse o prefeito, que ainda pontou se qualquer um dos índices condicionantes ultrapassarem a meta, o comércio será fechado imediatamente.

Números da Covid-19

A cidade tem agora 21 óbitos, sendo que mais duas mortes são consideradas suspeitas. Os casos confirmados são 605 e os exames que deram negativo 408. Há 513 pessoas curadas e o número de casos suspeitos também cresceu, chegando a 1.621.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui