Morreu na manhã desta sexta-feira (dia 29), o jornalista e escritor Gilberto Dimenstein, aos 63 anos, vítima de um câncer. Ele travava uma batalha contra a doença que se iniciou no pâncreas e se alastrou para o fígado há pelo menos sete meses.

A informação foi confirmada por familiares de Gilberto. Ele morreu por complicações decorrentes do câncer e será enterrado no domingo (dia 31), no cemitério do Butantã, bairro da Zona Oeste de São Paulo.

Formado em jornalismo em 1977 pela Faculdade Casper Líbero, em São Paulo, Dimenstein trabalhou em veículos como a Folha de São Paulo, onde foi diretor e correspondente internacional, e a rádio CBN (SP), como comentarista. Passou também por O Globo (RJ), Jornal do Brasil (RJ), Correio Braziliense (DF), Última Hora (SP) e as revistas Educação (SP), Visão (SP) e Veja (SP). Dimenstein era criador do site Catraca Livre. Foto: Reprodução/Redes Sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui