O deputado federal Delegado Antonio Furtado se reuniu nesta quarta-feira (dia 29) com a Comandante do 28º Batalhão da Polícia Militar, Andréia Ferreira da Silva, para tratar da retomada nas negociações para a implantação do programa “Segurança Presente” na cidade. Também participou do encontro a presidente da Associação de Moradores da Vila Santa Cecília, Quenia Fernanda.

“É um desejo meu, como deputado federal, tornar a cidade de Volta Redonda mais segura. Embora a pandemia tenha sido impactante, principalmente nas questões relacionadas a investimentos, precisamos retomar os projetos que ficaram adormecidos para que a saúde estivesse em primeiro lugar. Com o retorno das atividades econômicas e a flexibilização do comércio, precisamos voltar todos os esforços para concretizar a segurança na nossa região. Já tivemos várias reuniões sobre o projeto Segurança Presente, agora é questão de verificar os custos para a implantação acontecer”, explicou o parlamentar.
A princípio o programa seria implantado em Volta Redonda, como um piloto, para depois expandir para as demais cidades. A intenção é que a Vila Santa Cecília seja um dos bairros a receber os patrulhamentos constantes.

“É um anseio não só dos moradores da Vila Santa Cecília, como dos comerciantes. Nosso bairro necessita desse patrulhamento. Precisamos de ter segurança para sair às ruas sem medo. Isso também vai ajudar a atrair mais pessoas nos estabelecimentos comerciais”, considerou Quenia.

De acordo com a comandante do 28º Batalhão, o trabalho em conjunto das Polícias Militar e Civil desenvolvido na cidade já tem apresentado bons resultados. No primeiro semestre deste ano foram realizadas 621 prisões, 111 armas apreendidas e 834 ocorrências com apreensão de drogas.

“Mesmo em tempo de pandemia não paramos nosso trabalho. Conseguimos bons resultados, mas sabemos que podemos trazer ainda mais segurança para a cidade com a implantação do Segurança Presente”, afirmou a comandante.

Considerado sucesso nas cidades do Rio de Janeiro, como Niterói, o programa “Segurança Presente” reduziu em 90% os roubos nas áreas onde foi implementado. O resultado se deu pela maneira como funciona: patrulhamentos de policiais em períodos de 8 horas, todos os dias da semana, em duplas de policiais a pé, de moto ou bicicleta.

“Os bandidos não fazem quarentena, por isso queremos investir nesse programa que já deu tão certo em outras cidades do Rio. Nada é fácil, vivemos tempos de crise, mas não podemos desanimar. Nosso objetivo é evitar que os crimes aconteçam, com uma polícia de proximidade e mais amiga do cidadão”, detalhou o deputado Antonio Furtado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui