Morreu no final da tarde de sexta-feira (dia 15) o mergulhador Walter Luiz dos Santos, de 39 anos. O morador de Barra Mansa trabalhava na empresa Belov Engenharia, quando passou mal durante um mergulho e morreu.

Walter estava na embarcação Aroldo Ramos na Bacia de Campos, a serviço da Petrobras e não se sentiu bem durante um trabalho. Por volta das 16h foi transferido para a P-33 para atendimento pela enfermagem da plataforma e vídeo conferência com o médico, mas não resistiu.

O Sindipetro-NF está cobrando da empresa mais informações sobre caso e participará da Comissão de Investigação do Acidente. A Petrobras informou que as causas da morte estão sendo apuradas.

Já a Belov Engenharia lamentou o ocorrido com o funcionário e disse que “a apuração preliminar aponta que o colaborador emergiu desacordado, recebeu e os primeiros socorros e atendimento médico, mas não resistiu”.

A empresa informou também que as causas do óbito estão sendo apuradas e está prestando todo apoio aos familiares do seu colaborador.

O último acidente com mergulhador, que se tem notícia na indústria do petróleo, ocorreu em agosto de 2018, com Athayde dos Santos Filho, 57 anos, da empresa Fugro, que prestava serviços para a petrolífera no projeto de expansão da produção da Plataforma de Mexilhão, na Bacia de Santos. 

Foto: Reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui