O deputado Alexandre Serfiotis (PSD) recebeu em seu gabinete, na quinta-feira (dia 16), o secretário de Saúde de Mendes, Ismael Gomes de Souza. A visita foi para agradecer a emenda no valor de R$ 350 mil para compra de quatro veículos. “Estamos felizes em poder realizar nosso trabalho garantindo que a população tenha mais conforto e segurança ao ser transportada para a realização de exames em outros municípios.

A verba foi destinada para a compra de três veículos HB20 para a secretaria municipal de Saúde e uma van adaptada com acessibilidade”, comemorou Serfiotis. O deputado acrescentou que sabe da dificuldade que as cidades têm e lembrou o período que foi secretário de Saúde de Porto Real.

“Na época em que eu fui secretário, nós conseguimos recuperar 25 veículos. Sabemos o quanto o transporte de pacientes tanto nos carros como nas vans é importante para a população que está em tratamento”, disse.

Serfiotis ressaltou que várias cidades da região têm recebido veículos novos para reforçar o trabalho das secretarias de Saúde. “Como médico, não poderia deixar de ter essa atenção especial pela Saúde, pois a população merece um atendimento e tratamento humanizado, e principalmente serviços de qualidade”, finalizou.

Sonho

Como se sabe, o ex-prefeito Antônio Francisco Neto continua inelegível pela Lei da Ficha Suja. No entanto, o emedebista continua sonhando uma liminar para participar do pleito de 2020. A conferir. Saída Uma das saídas caso Neto não consiga ser candidato seria lançar chapa composta por seu irmão Munir Francisco e Deley Oliveira. Ambos tiveram histórico recente de derrotas nas eleições de 2018, onde tiveram minguadas votações em Volta Redonda.

Prejuízo

Um volta-redondense teve a carteira furtada, no início de agosto, de dentro do carro, durante viagem de férias com a família a Portugal. O larápio levou, na mão leve, o passaporte e, cerca de dois mil euros do empresário.

Mais um

Por falar em assalto. Um carro da prefeitura de Resende, usado para levar pacientes em tratamento em outras cidades, foi assaltado na madrugada da quarta-feira (dia 15) em um trecho da via Dutra entre Caçapava e São José dos Campos, no Vale do Paraíba Paulista. Eles estavam a caminho de dois hospitais na cidade de São Paulo. Além do motorista, quatro pessoas estavam no veículo.

Perfurantes

O motorista contou que os criminosos jogaram objetos perfurantes na pista e conseguiram furar um dos pneus do veículo, que havia deixado Resende por volta de 1h. Quando ele parou, os assaltantes chegaram. Os criminosos levaram celulares e a bolsa de uma das passageiras, fugindo em seguida. A concessionária que administra a rodovia ajudou o motorista a fazer a troca do pneu furado e a viagem prosseguiu. Os pacientes retornaram a Resende na noite de quarta.

Acordo

O colegiado da Comissão de Valores Mobiliários fechou um acordo com a Taquari Administradora de Carteira de Valores Mobiliários e sua diretora Anna Cristina Machado da Silva, em um caso envolvendo operações com ações da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN). A proposta de termo de compromisso foi enviada à CVM para evitar a instauração de um processo administrativo sancionador.

Operações

De acordo com a área técnica da autarquia, foram detectadas operações com ações de emissão da CSN realizadas na conta máster da Taquari na Brasil Plural CCTVM S.A., entre 23 de julho de 2015 e 2 de dezembro de 2015. Nelas, o fundo Fibra CSN Invest Plus FIM teria sido sistematicamente favorecido ante o CSN Invest FIA. A Taquari era administradora e gestora dos dois fundos multimercados.

Favorecimento

Segundo a CVM, o favorecimento teria ocorrido em duas frentes: o fundo de investimentos multimercado teria recebido o resultado positivo de 34 operações de day trade (índice de acerto de 100%); e teria sido sistematicamente favorecido na alocação dos preços de compra e venda de ações de emissão da CSN. Ainda segundo a área técnica, o regulamento do Fibra CSN Invest Plus FIM previa uma taxa de performance de 50% do que exceder a remuneração do CDI. Assim, quando o fundo estivesse acima de seu “benchmark”, a estratégia adotada ocasionaria um prejuízo, ou taxação, relevante aos cotistas finais do FIM no montante de 50% do ganho auferido pelo fundo.

Contraproposta

Após negociações com o Comitê de Termo de Compromisso (CTC) da CVM, a Taquari e sua diretora aderiram a uma contraproposta apresentada pelo órgão regulador do mercado de capitais. Pelo acordo, a Taquari terá que ressarcir a Fibra CSN Invest Plus em R$ 125.077,46, atualizado pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), além de pagar o mesmo valor à CVM. Já Anna Cristina Cunha Machado da Silva acordou pagar à CVM o valor de R$ 250 mil.

Parceria I

Com as doações de equipamentos realizadas pela Volkswagen Caminhões e Ônibus, em um ano, o número de cirurgias na Santa Casa de Resende subiu quase 50%: passou de uma média de 160 procedimentos por mês para cerca de 230. A instituição já ganhou espaço oferecendo maior acesso à saúde para a população de Resende, assumindo algumas cirurgias eletivas, antes realizadas pelo hospital municipal. A Santa Casa opera hoje com 70% de lotação.

Parceria II

Os investimentos foram direcionados majoritariamente ao atendimento que exige intervenção cirúrgica, de que a população tinha maior carência. No ambulatório, houve a modernização dos equipamentos, conjugado com as reformas efetuadas com recursos próprios, o que reduziu o tempo de permanência dos pacientes e aumentou o giro dos leitos.

Parceria III

O reflexo de todas essas mudanças foi o crescimento de 30,05% no número de atendimentos e de 51% no faturamento, indicando maior impacto nas cirurgias do que nos tratamentos. O aumento do número de cirurgias diminui a ociosidade do centro cirúrgico, agora melhor equipado e mais eficiente para a instituição.

Visita

Recentemente negociado por um grupo de empresários, inclusive um de Volta Redonda, com o Barcelona, o jovem zagueiro Igor Gomes desembarcou na quinta-feira (dia 15) no Brasil para resolver questões burocráticas relacionadas à sua transferência. O jovem vai aproveitar para curtir alguns dias de descanso em sua cidade natal, Barra Mansa.

Fotovoltaica

A diretoria da Associação dos Aposentados e Pensionistas de Volta Redonda (APP-VR) já definiu o local onde a sua Usina Fotovoltaica será instalada: na entrada da sede Campestre, em Pinheiral. A uma inovação sustentável tornará a entidade autossuficiente em energia, atendendo a todas as unidades. Substituição Para que a Usina entre em funcionamento, todos os aparelhos de ar condicionado serão substituídos por modelos mais econômicos e as lâmpadas trocadas por LED.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui