Edson dos Santos, acusado de matar o turista lituano Adam Zindul (foto) e abusar sexualmente de sua companheira, foi denunciado à Justiça pelos crimes de homicídio e estupro. Ele foi preso em flagrante pela Polícia Civil de Paraty, na Costa Verde, e teve sua prisão convertida em prisão preventiva durante audiência de custódia.

De acordo com a denúncia, foram imputadas qualificadoras em razão do crime ter sido praticado por motivo torpe, com recurso que impossibilitou a defesa da vítima, com emprego de meio cruel e para assegurar a impunidade do crime de estupro.

A ação foi ajuizada junto ao Tribunal do Júri da Comarca de Paraty. O Ministério Público também requereu a manutenção da prisão preventiva do denunciado.

O crime

Adam Zindul, de 37 anos, foi assassinado na madrugada do último dia 6 durante assalto a uma casa alugada por ele para passar as férias, na Praia do Sono, em Paraty. Policiais encontraram o lituano com os braços e pernas amarrados em uma cadeira, e a cabeça coberta com um pano. Ele tinha várias marcas de ferimentos e sangue em volta do corpo.

A mulher de Adam é brasileira, de São Paulo, e tem 35 anos. Eles eram recém-casados.

A praia do Sono fica em uma região isolada, localizada a cerca de 27 km do centro de Paraty. O acesso é feito somente por meio de barcos ou trilhas. Turistas costumam acampar ou alugar casas na região, que não tem hotéis ou pousadas.

Foto: Reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui