A Câmara de Vereadores de Volta Redonda aprovou, na noite desta terça-feira (dia 12), o projeto de lei nº32/2020, que proíbe que a prefeitura ceda leitos de UTIs a pacientes com Covid-19 vindos de outros municípios do Estado. A medida foi aprovada por unanimidade.

Segundo o líder do governo na Câmara, Maurício Pessôa, a iniciativa é uma resposta ao Executivo Estadual que solicitou que os leitos de UTI destinados à Covid-19 nos hospitais de Volta Redonda fossem inscritos na regulação estadual.

Maurício ainda destacou, que o projeto se justifica diante da escalada da contaminação por coronavírus e a consequente demanda por leitos hospitalares. “É necessário manter a garantia de atenção ao cidadão volta-redondense no caso de necessidade de utilização desses leitos para tratamento intensivo”, completou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui