O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou na manhã desta terça-feira (dia 7) que seu exame para diagnosticar a Covid-19, apresentou laudo positivo para a doença.

Na segunda-feira (dia 6), Bolsonaro havia informado a apoiadores que o aguardavam nas imediações do Alvorada, que estava com febre e dores no corpo e, por isso, decidiu fazer o exame. Ele também realizou uma radiografia do pulmão.

Bolsonaro chegou a ter uma febre de 38º C, mas segundo seu corpo médico, a temperatura caiu durante a noite. Hoje o presidente afirmou que “está perfeitamente bem”. Ele ainda relatou estar tomando cloroquina como uma medida preventiva. “Estou bem, estou normal, em comparação a ontem, estou muito bem. Estou até com vontade de fazer uma caminhada, mas, por recomendação médica, não farei”, disse.

Por ter 65 anos, o presidente pode ser enquadrado no grupo que apresenta maior predisposição a apresentar um quadro grave da doença. Diversos integrantes da equipe de Bolsonaro foram infectados desde o início da pandemia, mas todos os exames dele apresentaram resultados negativos para a doença.

Com seu “histórico de atleta”, Bolsonaro não cumpriu o isolamento social e desde o começo da pandemia vem desdenhando do poder da doença, fazendo diversas aparições públicas sem máscara.

Ele chegou a participar de atos contra a democracia e contra o STF, que apresentaram uma grande aglomeração de pessoas. No último fim de semana, ele comemorou a independência dos Estados Unidos ao lado de aliados e sem máscara, mais uma vez contrariando as medidas preventivas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui