A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) informou a seus acionistas e ao mercado em geral que concluiu, nesta segunda-feira (dia 8), as negociações de reperfilamento de dívidas com a Caixa Econômica Federal. O montante aproximado é de R$ 300 milhões, cujos vencimentos ocorreriam entre junho e setembro de 2020. 

Segundo o comunicado, o montante negociado terá seu novo vencimento de principal distribuído entre 2021 e 2024, sujeito ao cumprimento de certas condições pré-acordadas.

“A Companhia segue negociando o alongamento de seu passivo financeiro, visando a preservação da liquidez necessária para executar sua estratégia de desalavancagem e geração de valor aos seus acionistas, e informará o mercado tão logo tenha concluído tais negociações”, encerra a nota assinada por Marcelo Cunha Ribeiro, diretor executivo de Finanças e Relações com Investidores da CSN.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui