A Prefeitura de Volta Redonda, através do Gabinete de Estratégia Governamental (Gegov), irá solicitar a Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Volta Redonda, uma maior celeridade na apreciação de Mensagens sobre verbas da saúde. As mensagens visam a abertura de crédito suplementar para custeios de ações da saúde.

Diante da pandemia da Covid-19, segundo explicou a secretária de Saúde, Flávia Lipke, diversos investimentos na pasta não estavam previstos no orçamento do município. “Esses valores foram repassados pelo Ministério da Saúde para o custeio do município em ações e serviços públicos de média e alta complexidade. Estamos solicitando a abertura de crédito suplementar, uma formalidade dentro orçamento, para garantir o pagamento de fornecedores como Clínica de Diálise, empresa de ressonância, transporte de pacientes, ultrassom para gestação de alto risco (Ecofetal), laboratórios, contratos, UTI móvel, entre outros”, enumerou a secretária de Saúde.

As Mensagens são 024/2020 e 028/2020, que foram enviadas para a Câmara Municipal em abril, e a 031/2020, enviada em junho ao Legislativo.

O secretário do Gabinete de Estratégia Governamental, Joselito Magalhães, explica que irá solicitar uma reunião com a Mesa Diretora para debater o tema. “A Prefeitura de Volta Redonda tem uma relação institucional com a Câmara de Vereadores. Vamos solicitar a celeridade na apreciação dessas importantes matérias para o município, garantindo, assim, que a população continue tendo o acesso a saúde pública”, contou Joselito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui